Pesquisa revela que professores brasileiros recebem pior salário entre 48 países

Sexta 21 Jun 2019 - 08h01




Pesquisa revela que professores brasileiros recebem pior salário entre 48 países

Entre 48 países pesquisados o Brasil ocupa a última posição em relação a média de salário recebido pelos professores. Segundo o portal O Globo, a pesquisa TALIS realizada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) também concluiu que estes profissionais não ganham aumento salarial ao longo dos anos de carreira.

Divulgada nesta quarta-feira (19), a pesquisa propôs comparar os 48 países após converter os salários de todos eles em dólar. A partir daí foi feito o cálculo de poder de compra e em média foi revelado que o profissional da educação brasileiro recebe ao ano cerca de US$ 13.971. Por mês o valor gira em torno de US$ 1.164.

Em comparação, os educadores da Dinamarca, que ficaram em primeiro lugar no levantamento, ganham ao ano US$ 42.841, por mês o valor chega a cifra de US$ 3.570. Além disso, no país europeu os profissionais ao longo da carreira podem chegar a receber ao ano US$ 55.675. Este aumento, no entanto, não é realidade entre profissionais do Brasil, Letônia e Estônia.

 

Fonte - Bahia Notícias