Portal Livramento

Portal Livramento

Rússia registra primeira vacina do mundo contra coronavírus

Terça 11 Ago 2020 - 08h03




Rússia registra primeira vacina do mundo contra coronavírus

O presidente da Rússica, Vladimir Putin, disse que o país registrou a primeira vacina do mundo contra a Covid-19. O anúncio foi feito nesta terça-feira (11). "Sei que é bastante eficaz, que proporciona imunidade duradoura", garantiu Putin, em uma videoconferência realizada com integrantes do governo. A reunião foi exibida na televisão.

Segundo informações do jornal O Globo, o ministro da Saúde do país, Mikhail Murashko, também disse que o resultado mostrou eficácia e segurança. O registro nacional de medicamentos da pasta indica que o imunizante será distribuído no dia 1º de janeiro de 2021.

Mas apesar da urgência com que o mundo espera pela vacina contra a Covid-19, a comunicada científica estrangeira tem expressado preocupação diante da rapidez no processo de criação do imunizante russo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) chegou a pedir respeito às diretrizes estabelecidas e também pediu que a Rússia seguisse "todos os estágios" do procedimento, sem pular etapas.

Além disso, em meados de julho, Reino Unido, Estados Unidos e Canadá acusaram o governo russo de usar hackers para tentar roubar a pesquisa de uma vacina contra a doença.

INTERESSE DA BAHIA

Como presidente do Consórcio Nordeste, o governador Rui Costa (PT) disse que se reuniu com o embaixador da Rússia semanas atrás e manifestou interesse da Bahia e dos demais estados da região no imunizante. Em entrevista à TV Bahia, ele disse que o objetivo era firmar uma parceria tanto para a fase de testes quanto para obter a imunização efetiva.

Na ocasião, Rui contou ainda que contactou a Embaixada da China com o mesmo propósito. "A Bahia já está participando [dos testes] através da Instituição Irmã Dulce dos testes da Pfizer, que é uma empresa americana. É importante que nós estejamos inseridos nos diversos fabricantes, para que possamos ter, em breve, a disponibilidade dessas vacinas aqui no Nordeste e na Bahia", defendeu o governador.

 

Fonte - Bahia Notícias

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.