Portal Livramento

Portal Livramento

Novos investimentos devem gerar 20,6 mil empregos na Bahia

Quarta 24 Jul 2019 - 07h46




Novos investimentos devem gerar 20,6 mil empregos na Bahia

Até dezembro de 2021, a Bahia deverá ter a implantação de 224 empreendimentos, com investimentos de R$ 13,5 bilhões e a previsão é gerar 20,6 mil empregos diretos, de acordo com o balanço divulgado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE).

No primeiro semestre deste ano, 31 empreendimentos implantados foram responsáveis pelo investimento de R$ 2,5 bilhões e geração de 5,4 mil empregos diretos. Os dados são fruto de acompanhamento da secretaria junto às empresas que assinam protocolos de intenções com o Governo do Estado.

Segundo o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão, os empreendimentos implantados mostram um panorama do trabalho que vem sendo desempenhado pelo governo baiano na interiorização dos investimentos: “Desses novos empreendimentos implantados, 25 estão fora da Região Metropolitana de Salvador, com investimentos de R$ 2,4 bilhões e geração de 2,4 mil vagas, ou seja, as cidades do interior estão sendo industrializadas que também cresçam economicamente”.

Os segmentos que se destacam na previsão de volume de investimentos e empregos são Eletricidade Gás, com R$ 8,3 bilhões e 4 mil empregos, e Minerais não metálicos, com R$ 1,6 bilhão e 2,4 mil empregos. Vale destacar a previsão de geração de empregos nos setores de Comércio e Serviços, com 3,2 mil postos de trabalho e Alimentícios, 2,6 mil vagas.

O segmento de Eletricidade e Gás também foi responsável pela maior aplicação de recursos no primeiro semestre de 2019. Foram investidos R$ 1,8 bilhão na entrada em operação de 20 parques eólicos. Já o setor de Comércio e Serviços gerou o maior número de empregos com 2,8 mil vagas diretas, e a entrada em operação de Centro de distribuição, em Simões Filho.

“A geração eólica é a fonte de energia que mais cresceu no Brasil nos últimos anos e não é diferente na Bahia. A fonte renovável é responsável por 28% da energia gerada no Estado e ocupa a segunda posição no ranking de geração no país. São 156 parques eólicos em operação, espalhados por 20 municípios baianos, com 3,9 mil MW de capacidade instalada”, destaca Leão.

 

Fonte - Bahia Notícias

Brasil ganha seis medalhas na Olimpíada Internacional de Matemática

Terça 23 Jul 2019 - 10h33




Brasil ganha seis medalhas na Olimpíada Internacional de Matemática

O Brasil conquistou seis medalhas na 60ª Olimpíada Internacional de Matemática (IMO 2019). O evento aconteceu na cidade de Bath, no Reino Unido, entre os dias 11 e 22 deste mês.

A delegação brasileira totalizou 135 pontos, alcançou duas medalhas de prata e quatro de bronze,e ficou na 29ª colocação, empatada com a Turquia, e atrás do Peru.

As medalhas de prata foram conquistadas por Samuel Prieto Lima, de Goiânia, e Pedro Gomes Cabral, de Recife, enquanto as de bronze foram conferidas a Bernardo Peruzzo Trevizan, de Canoas no Rio Grande do Sul; Pedro Lucas Lanaro Sponchiado, de Santa Cruz do Rio Pardo em São Paulo; Guilherme Zeus Dantas e Moura, de Maricá no Rio de Janeiro e Felipe Chen Wu, do Rio de Janeiro.

A equipe foi composta por medalhistas da 40ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), ocorrida no país no ano passado, e teve como líderes os professores Edmilson Motta e Carlos Shine, de São Paulo.

 

Fonte - Bahia Notícias

Abono do PIS/Pasep começa a ser pago na próxima quinta-feira

Segunda 22 Jul 2019 - 08h25




Abono do PIS/Pasep começa a ser pago na próxima quinta-feira

O pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), exercício 2019/2020, começa na quinta-feira (25) da próxima semana. A liberação do dinheiro para os cadastrados no PIS vai considerar a data de nascimento e os do Pasep, o dígito final do número de inscrição.

Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro receberão o abono do PIS ainda este ano. Já os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2020. Recebem também este ano os servidores públicos cadastrados no Pasep com dígito final do número de inscrição entre 0 e 4. Os com final entre 5 e 9 receberão no próximo ano.

A data para o fechamento do calendário de pagamento do exercício 2019/2020 está prevista para o dia 30 de julho de 2020. A estimativa é de que sejam destinados R$ 19,3 bilhões a 23,6 milhões de trabalhadores. O pagamento do abono salarial referente ao PIS será feito pela Caixa em suas agências em todo o país; e o abono do Pasep será pago no Banco do Brasil.

Quem tem direito
Para ter direito ao abono salarial do PIS/Pasep é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2018, com remuneração média de até dois salários mínimos. Além disso, o trabalhador tem de estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Para os trabalhadores que tiverem os dados declarados na Rais 2018 fora do prazo e entregues até 25 de setembro de 2019, o pagamento estará disponível a partir de 4 de novembro de 2019, conforme calendário de pagamento aprovado, e, após este prazo, somente no calendário seguinte.

 

Fonte - Agência Brasil

LIVRAMENTO: CARDIOLOGISTA DR. ENIO TANAJURA ATENDE NA SEXTA-FEIRA (26)

Segunda 22 Jul 2019 - 08h22




LIVRAMENTO: CARDIOLOGISTA DR. ENIO TANAJURA ATENDE NA SEXTA-FEIRA (26)

O Cardiologista Dr. Enio Tanajura atende na sexta-feira (26) na Clínica Santa Rita (pela tarde) e no IME (pela manhã) em Livramento de Nossa Senhora. Faça sua consulta, particular ou pelo Planserv (Clínica Santa Rita), com médico especialista pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, além de eletro e ecocardiograma. Agende pelo telefone: (77) 3444-2106.

Petrobras baixa gasolina em R$ 0,03 e diesel em R$ 0,04

Sexta 19 Jul 2019 - 09h05




Petrobras baixa gasolina em R$ 0,03 e diesel em R$ 0,04

A Petrobras anunciou, nesta quinta-feira (18), uma redução no preço do litro da gasolina de R$ 0,0360 e no litro do diesel de R$ 0,0444. Os valores são referentes aos preços médios dos combustíveis vendidos pelas refinarias aos distribuidores e valem a partir da meia-noite desta sexta-feira (19).

O presidente Jair Bolsonaro informou, em sua conta no Twitter, que a redução [média] foi de 2,1% na gasolina e de 2,2% no diesel.

~Os preços variam segundo cada refinaria da estatal, nos diversos estados brasileiros. Os menores valores da gasolina são praticados em São Luís (MA), R$ 1,51; Itacoatiara (AM), R$ 1,55; e Manaus (AM), R$ 1,58. Os maiores valores da gasolina estão nas refinarias de Brasília, R$ 1,81; Senador Canedo (GO), R$ 1,80; e Uberaba, R$ 1,80.

Os menores preços do diesel S500, mais vendido nas estradas, estão em Itacoatiara (AM), R$ 1,93; São Luís, R$ 1,94; Guamaré (RN), R$ 1,96; e Manaus (AM), R$ 1,96. Os maiores valores são os praticados em Senador Canedo (GO), R$ 2,17; Brasília, R$ 2,17; e Uberaba (MG), R$ 2,17.

Segundo a estatal “os preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras têm como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias”.

Combustíveis tipo A
A gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras são diferentes dos produtos no posto de combustíveis. São os combustíveis tipo A, ou seja, gasolina antes da sua combinação com o etanol e diesel também sem adição de biodiesel. Os produtos vendidos nas bombas ao consumidor final são formados a partir do tipo A misturados a biocombustíveis. Os preços divulgados pela estatal se referem aos produtos tipo A.

Sobre esses valores, vão incidir a margem de lucro das distribuidoras e dos postos de combustíveis, os impostos, que variam de um estado para outro, o custo da mão de obra, entre outras variáveis. A tabela completa com os valores pode ser conferida no site da Petrobras.

 

Fonte - Agência Brasil

Inauguração de aeroporto em Vitória da Conquista acontece dia 23/07

Sexta 19 Jul 2019 - 08h58




Inauguração de aeroporto em Vitória da Conquista acontece dia 23/07

O aeroporto de Vitória da Conquista será inaugurado nesta terça-feira (23) e conta com a presença do Presidente Jair Bolsonaro. O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (PMDB), afirmou que o avião presidencial aterrisará na cidade no dia 23, às 10 horas.

"Todo o evento está sendo concebido pelo Cerimonial da Presidência da República em sintonia com o nosso gabinete", afirmou o prefeito.

Recentemente, Herzem e ACM Neto tiveram uma reunião sobre os preparativos para a inauguração e a recepção ao presidente Jair Bolsonaro."Agradeço a ACM Neto pelo envolvimento nestes preparativos", afirmou Gusmão.

“Eu e o ex-senador Antonio Carlos Magalhães Filho, em uma articulação política em Brasília, conseguimos direcionar os recursos para construção do aeroporto de Conquista. Foi a primeira emenda parlamentar de grande vulto de autoria do meu pai”, disse o prefeito ACM Neto.

Ele fala sobre o tempo em que exercia o mandato de deputado federal. Segundo Herzem Gusmão, está sendo realizada também uma articulação para o despacho de pleitos do Sudoeste da Bahia e do Norte de Minas Gerais junto ao presidente da República.

O  deputado federal Elmar Nascimento (DEM) também participou das negociações.

 

Fonte - Bahia Notícias

Mega-Sena acumula e vai pagar R$ 22 milhões no sábado

Quinta 18 Jul 2019 - 10h15




Mega-Sena acumula e vai pagar R$ 22 milhões no sábado

O concurso 2.170 da Mega-Sena não teve acertadores nos seis números sorteados nesta quarta-feira (17):  10, 21, 24, 36, 38 e 51.

O prêmio ficou acumulado para o sorteio do concurso 2.171, que ocorre no sábado (20). A estimativa é que o prêmio seja chega a R$ 22 milhões.

A Quina (5 números acertados) teve 79 apostas ganhadoras, com R$ 29,97 mil para cada uma delas.

A Quadra, (4 acertos), registrou 3.749 apostas ganhadoras, cabendo a cada uma delas R$ 695,90.

 

Fonte - Agência Brasil

Governo refaz cálculos e liberação de FGTS deve injetar R$ 30 bi na economia

Quinta 18 Jul 2019 - 10h12




Governo refaz cálculos e liberação de FGTS deve injetar R$ 30 bi na economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, recalibrou de R$ 42 bilhões para R$ 30 bilhões o potencial de liberação das contas ativas (dos contratos atuais) e inativas (de contratos anteriores) do FGTS. A medida deverá ser anunciada nesta quinta-feira, 18, como parte dos 200 dias do governo Bolsonaro.

A reportagem apurou que Guedes exigiu manter intocados os recursos do FGTS direcionados à construção civil. Por lei, os recursos do fundo são usados como fonte para financiamentos imobiliários, de saneamento e infraestrutura a juros mais baixos.

Depois que o Estadão/Broadcast revelou na terça-feira, 16, os detalhes da medida, o setor da construção ficou preocupado e buscou informações para garantir os recursos do fundo principalmente à habitação.

Uma das ideias é autorizar os saques na seguinte proporção: quem tem até R$ 5 mil no fundo, poderia pegar 35% do saldo; trabalhadores com até R$ 10 mil no FGTS teriam autorização para sacar 30%. Ainda se discutia qual parcela terá direito quem tem entre R$ 10 mil e R$ 50 mil no FGTS, mas o porcentual não foi definido. Acima de R$ 50 mil, o trabalhador só poderia sacar 10% do saldo total.

Além do FGTS, o governo vai permitir o saque de R$ 22 bilhões do PIS/Pasep. Mas a expectativa da equipe econômica é que somente R$ 2 bilhões sejam sacados pelos beneficiários.

 

Fonte - Correio24horas

Estudo aponta aumento de câncer em população de 20 a 49 anos

Quinta 18 Jul 2019 - 08h49




Estudo aponta aumento de câncer em população de 20 a 49 anos

O aumento dos casos de câncer na população entre 20 e 49 anos, de 1997 a 2016 chamou a atenção de especialistas. Nesse período, a incidência por ano do câncer da glândula tireóide registrou uma elevação de 8,8%, o de próstata 5,2% e o de cólon e reto 3,4%. Os dados fazem parte do estudo elaborado pelo Observatório de Oncologia, que teve como tema Câncer antes dos 50: como os dados podem ajudar nas políticas de prevenção.

O trabalho foi apresentado nesta quarta-feira (17), durante o Fórum Big Data em Oncologia, que ocorreu no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro. O encontro foi organizado pelo Movimento Todos Juntos Contra o Câncer (TJCC).

De acordo com o estudo, houve aumento ainda na mortalidade por alguns tipos da doença. O maior percentual foi de câncer no corpo do útero, que subiu 4,2% por ano; seguido por cólon e reto com 3,2%, mama 2,5%, cavidade oral 1,2% e colo de útero 1%.

A líder do TJCC e presidente da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale), Merula Steagall, disse que após pesquisas da Sociedade Americana de Câncer, divulgadas em fevereiro, nos Estados Unidos, identificando a ligação entre obesidade e o aumento nos casos de câncer em indivíduos mais jovens, especialistas do Observatório de Oncologia, que pertence ao TJCC, se dedicaram ao estudo para verificar o que ocorria no Brasil e analisaram dados gerados no setor de Saúde. Foram analisados dados do DATASUS e do Inca.

O resultado, além de um alerta, vai servir para indicar tipos de políticas que podem ser adotadas pelos gestores e impedir que a tendência tenha um crescimento maior.

“Os que aumentaram na incidência e na mortalidade eram cânceres relacionados ao tipo de vida. A gente está pressupondo que álcool, tabaco, alimentação não saudável e falta de prática de exercício podem estar refletindo no aumento de incidência”, detalhou Merula Steagall.

A pesquisadora ainda diz acreditar que o aumento da mortalidade se deu porque as pessoas procuram o tratamento em estágio avançado da doença. ”Como se espera que o câncer é uma doença depois dos 50 anos mais predominantemente, porque as células estão mais envelhecidas e começa uma produção irregular que acarreta no câncer, a pessoa entre 20 e 50 não está atenta para isso. O sistema não facilita o fluxo para ir rápido para um diagnóstico”.

Demora
No encontro, os especialistas destacaram dois fatores que contribuem para esses números: a falta de acesso a informações e aos tratamentos. “Esse fator da demora de acesso a um especialista e a um centro adequado também acarreta na mortalidade e a pessoa perde o controle da doença”, contou.

Merula acrescentou que em termos de tecnologia, nesses 20 anos, houve avanços, então, para o especialista é triste verificar que o progresso científico não teve impacto na vida das pessoas. “Não teve resultado para muitos tipos de cânceres. Dos 19 analisados, 10 aumentaram a mortalidade”, observou, destacando a importância da mídia no alerta e na divulgação da vida saudável.

“Você tem que planejar a sua terceira idade enquanto é jovem. Só que as pessoas jovens acham que a mortalidade para elas está distante. Falo isso como uma pessoa com doença genética e como a morte estava sempre próxima sempre me cuidei, me tratei, procurei fazer esportes e tive alimentação saudável. É importante alertar porque precisamos planejar o nosso envelhecimento.”

Diagnóstico
A médica mastologista, Alice Francisco, teve uma experiência própria com diagnóstico precoce. Ao fazer um exame de rotina para verificar um histórico familiar de hipotireoidismo ficou constatado, mesmo sem ter sintomas, que tinha câncer na tireóide. A avaliação foi há 12 anos, o tratamento foi feito, o tumor sumiu, mas dois anos depois voltou. “Precisei fazer novamente o tratamento. Foi uma coisa bem inesperada para a situação do meu diagnóstico naquele momento”, revelou.

Alice completou que foi muito importante ter o diagnóstico precoce e que pôde ver o quanto é relevante o impacto nos resultados dos tratamentos. A médica reforçou a necessidade de ter bons hábitos alimentares e físicos. “Para mim, isso foi muito importante e adaptar ao meu dia a dia. Hoje eu repercuto muito isso como profissional de saúde e estudo tudo. Uma das minhas linhas de estudo é a atividade física, então, mudou muito a minha forma de ser profissional depois de ter passado por isso”, indicou.

Parceria
Segundo a presidente da Abrale, o objetivo da entidade é trabalhar junto com o Ministério da Saúde para a definição, entre outras medidas, de maior divulgação de informações sobre o que é a doença, como pode ser diagnosticada e quais são os fatores de risco.

No encontro, foi apontada a diferença de acesso das informações e à disponibilidade de tratamento entre as regiões do país, com maior dificuldade no Norte, no Nordeste e no Centro-Oeste. O diretor do Departamento de Informática do SUS (DATASUS/SE/MS), Jacson de Barros, que participou dos debates, reconheceu que é preciso qualificar mais as equipes de atendimento, que podem apresentar um diagnóstico precoce, facilitar o tratamento e em muitos casos evitar a morte do paciente. Para ele, isso pode também reduzir as sub-notificações. “A gente quer mudar a forma de disponibilizar os dados do DATASUS para que todo mundo consiga além do acesso, poder fazer estudos longitudinais, acompanhar o desfecho. A ideia é aprimorar todo esse sistema”, disse.

O diretor afirmou que falta infraestrutura para permitir o registro adequado da informação. Um estudo do ano passado dos hospitais que têm mais de 50 leitos mostra que mais da metade não tem prontuário eletrônico, ou seja, faz o básico quando o paciente entrou, se precisou ficar internado e quantos dias permaneceu na unidade, mas não é feita uma análise clínica. “Mesmo assim, com as informações que a gente tem ainda dá para sair muito suco de laranja, mesmo não tendo as informações clínicas”, afirmou.

Para resolver o problema das regiões onde há carência de acesso à informação, ao diagnóstico e ao tratamento, o diretor disse que o Ministério da Saúde está fazendo um mapeamento para adequar o primeiro atendimento a fazer o registro adequado. “Será um mapeamento baseado na classificação do IBGE, e para cada região vamos subsidiar soluções para investimento de infraestrutura na ponta e para melhor atender e registrar”, disse.

 

Fonte - Agência Brasil

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 16 milhões

Quarta 17 Jul 2019 - 08h11




Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 16 milhões

A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (17) o prêmio de R$ 16 milhões. As seis dezenas do concursos 2.170 serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

De acordo com a Caixa, o valor do prêmio, caso aplicado na poupança, renderia aproximadamente R$ 59 mil por mês. O montante também é suficiente para adquirir 16 apartamentos, no valor de R$ 1 milhão cada.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer loja lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. O bilhete simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

 

Fonte - Agência Brasil

Rui Costa anuncia realização de concurso para polícias Civil e Militar da BA ainda neste ano

Quarta 17 Jul 2019 - 07h58




Rui Costa anuncia realização de concurso para polícias Civil e Militar da BA ainda neste ano

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), anunciou que haverá concurso público para as polícias Civil e Militar da Bahia até o final deste ano. A informação foi dada em resposta a pergunta de uma internauta durante o Papo Correria desta terça-feira (16).

O número de vagas que serão disponibilizadas nas duas entidades de segurança não foi especificado pelo governador, que atribuiu essa definição ao que “for possível com base na Lei de Responsabilidade Fiscal”. Em resposta a um outro participante da transmissão ao vivo, Rui disse que vagas no Corpo de Bombeiros Militar da Bahia estão sob análise.

 

Fonte - Bahia Notícias

Caixa anuncia admissão de 174 pessoas com deficiência, mas precisa chegar a 2.500

Terça 16 Jul 2019 - 07h50




Caixa anuncia admissão de 174 pessoas com deficiência, mas precisa chegar a 2.500

Dois meses depois de a Justiça do Trabalho exigir que a Caixa Econômica Federal cumprisse a Lei de Cotas e contratasse 2.500 pessoas com deficiência, o banco estatal realizou nesta segunda-feira (15) uma primeira etapa de contratação. Foram admitidos 174 pessoas com deficiência em cinco cidades -o que seria uma primeira fase de um processo para preencher até duas mil vagas nas principais cidades do país.

Apesar de a Caixa divulgar o programa como uma iniciativa inédita, um mês antes do anúncio das contratações, o banco estatal havia recorrido da decisão judicial que a obrigava a cumprir a Lei de Cotas, segundo a Fenae (Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal).

Como publicado pela Folha de S.Paulo em maio, a Justiça do Trabalho havia mandado a Caixa Econômica Federal cumprir a lei, caso contrário teria de pagar multa máxima de R$ 1 milhão por dia.

Segundo os desembargadores, o banco não estava respeitando a Lei de Cotas, criada em 1991. Empresas com mais de mil empregados devem ter 5% de pessoas com deficiência em seu quadro regular de funcionários.

Dados da Rais (Relação Anual de Informações Sociais) mostram que a Caixa tinha 78,5 mil funcionários em fevereiro de 2019, mais recente atualização disponível. Desses, 1.371 têm alguma deficiência -equivalente a 1,75% do total.

No evento de contratação, realizado em Brasília, nesta segunda-feira, a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, realizou a entrega de crachás aos funcionários portadores de deficiência que foram contratados pela Caixa.

Os funcionários contratados foram aprovados no concurso realizado em 2014, mas até o momento não tinham sido chamados.

Em seu pronunciamento, a primeira-dama disse que, apesar de uma lei de 1991 determinar que as empresas com mais de cem funcionários tenham até 5% de seu quadro de pessoal preenchido com deficientes, ainda falta uma cultura de integração.

"As empresas ainda precisam encará-los de uma forma natural. É preciso uma mudança na cultura [das empresas] para trazer naturalidade na convivência entre os trabalhadores", disse Michelle, que foi convidada pelo presidente do banco, Pedro Guimarães, para participar do evento. "Espero que exista esse espírito aqui, que vocês da Caixa saibam olhar além da deficiência".

Guimarães disse que pediu autorização do ministro da Economia, Paulo Guedes, para reforçar o quadro de funcionários da Caixa que teve 15 mil funcionários desligados, afetando a rede de agências. A ideia, segundo ele, é ter até 3.500 novos funcionários nos próximos anos. Guimarães disse que, quando assumiu o posto, a Caixa possuía somente 1,6% de portadores de deficiência em seus quadros.

"Uma vergonha. Houve um concurso em 2014, veio 2015, 2016, 2017, 2018, e ninguém foi chamado". Segundo ele, haverá um esforço não só para se chegar ao 5% exigidos pela legislação.

 

Fonte - Bahia Notícias

Rodovias federais terão mil radares de velocidade em parceria com o MPF, diz Ministro

Terça 16 Jul 2019 - 07h42




Rodovias federais terão mil radares de velocidade em parceria com o MPF, diz Ministro

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, disse nesta segunda-feira (15), em uma entrevista coletiva concedida em Brasília, que o governo federal e o Ministério Público Federal (MPF) fecharam acordo que prevê a instalação de 1 mil radares de controle de velocidade em rodovias não concedidas à iniciativa privada.

Freitas não deu detalhes sobre o teor do acordo, mas informou que o acerto firmado com o MPF – que reduziu de 8 mil para 2,2 mil o número de faixas a serem fiscalizadas nessas estradas – deve gerar uma economia correspondente a cerca de R$ 600 milhões ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), autarquia vinculada ao Ministério da Infraestrutura.

A instalação dos novos aparelhos, suspensa em abril pelo governo federal em abril passado, ocorreria nas rodovias administradas pelo Dnit e cobriria 8 mil pontos nos próximos 5 anos, segundo o G1.

Embora governo e Ministério Público tenham entrado em acordo em torno da instalação dos pardais, a Justiça Federal ainda tem que homologar os termos do acerto.

Em abril, a juíza Diana Wanderlei, da 5ª Vara Federal em Brasília, determinou que a União não retirasse radares eletrônicos e renovasse contratos prestes a vencer com concessionárias que fornecem radares de controle de velocidade.

Na ocasião, a magistrada impôs multa diária de R$ 50 mil em caso de descumprimento da decisão por parte do Executivo federal. A decisão da juíza do Distrito Federal atendeu pedido feito em ação popular pelo senador Fabiano Contarato (Rede-ES).

O parlamentar da Rede recorreu à Justiça depois que o Dnit suspendeu, em 1º de abril, a instalação de radares em rodovias federais não-concedidas à iniciativa privada por ordem do presidente Jair Bolsonaro.

Dias antes, Bolsonaro havia anunciado em uma rede social que tinha determinado o cancelamento de imediato da instalação de radares eletrônicos em rodovias federais.

À época, ele justificou a decisão com o argumento de que "a grande maioria" dos radares de velocidade têm "o único intuito de retomo financeiro ao Estado".

O valor do contrato suspenso em abril pelo Dnit era de R$ 1 bilhão. Com base no acordo fechado com o Ministério Público, que está à espera de homologação da Justiça Federal, o ministro da Infraestrutura acredita que pode economizar dois terços do valor original do contrato.

De acordo com a assessoria da Justiça Federal de Brasília, a juíza da 5ª Vara ainda não homologou o acordo entre o governo e o MPF porque discordou de uma das cláusulas e pediu mais informações às partes envolvidas. Ainda não há previsão de quando a magistrada irá se posicionar definitivamente sobre o acerto para instalação dos pardais.

Em mais uma crítica aos radares de controle de velocidade, Tarcísio Freitas também disse que para ele, no atual cenário orçamentário, não faz o menor sentido gastar R$ 1 bilhão na instalação de radares. Segundo ele, o Ministério da Infraestrutura tem R$ 2 bilhões para fazer a manutenção de toda as rodovias federais.

 

Fonte - G1

LIVRAMENTO: MAÇONARIA DÁ POSSE À NOVA DIRETORIA PARA BIÊNIO 2019/2021

Segunda 15 Jul 2019 - 08h18




LIVRAMENTO: MAÇONARIA DÁ POSSE À NOVA DIRETORIA PARA BIÊNIO 2019/2021

A Loja Maçônica Deus, União e Trabalho Livramentense, nº 93, jurisdicionada à Grande Loja Maçônica do Estado da Bahia, deu posse no último sábado, dia 13/07/2019, à sua nova diretoria para o biênio 2019/2021. Presente na solenidade, Roque Tadeu Miranda Cambuí, representante da GLEB, deu posse ao novo presidente, Guto Rodrigues Tanajura, que sucedeu Ivan Teixeira Pires. Na solenidade, também tomou posse os 1º e 2º vice-presidentes, respectivamente, Nilo Araújo Dourado e Noilton Leite Macedo.




LIVRAMENTO: MAÇONARIA DÁ POSSE À NOVA DIRETORIA PARA BIÊNIO 2019/2021