Portal Livramento

Portal Livramento

PP afunila candidatura e deve lançar Nelson Leal para presidência da AL-BA

Quinta 08 Nov 2018 - 10h30




PP afunila candidatura e deve lançar Nelson Leal para presidência da AL-BA

Pleiteando mais espaço na gestão do governador Rui Costa (PT), o Partido Progressista (PP) afunilou uma disputa interna e deve apostar em Nelson Leal (PP) para concorrer à presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) na próxima legislatura.

Ao defender o nome de Leal para sucessor de Angelo Coronel (PSD), o vice-governador João Leão (PP) confirmou, nesta terça-feira (7), o desejo pepista de assumir a AL-BA. "Acho que agora é a vez do PP [para a presidência da AL-BA]. E, quem sabe, depois no futuro o PT e depois volta o PSD, o PSB", comentou Leão durante inauguração de duas novas passarelas do Sistema Metroviário Salvador-Lauro de Freitas, nas estações Bairro da Paz e Tamburugy, nesta quarta-feira (7).

Dentro do PP, Nelson Leal venceu dois colegas que também estavam interessados na cadeira: Antônio Henrique Jr. (PP) e Aderbal Caldas (PP). O Bahia Notícias apurou que nos corredores da Assembleia, principalmente entre gabinetes do PSB, o nome de Caldas era o favorito à presidência.

Além da experiência do deputado, Aderbal Caldas inspira mais confiança nos colegas desde que Nelson Leal, antigo aliado de Marcelo Nilo (PSB), abandonou a candidatura do ex-presidente da Casa antes da derrota para Angelo Coronel.

Ao BN, o líder do PSB na AL-BA, o deputado estadual Marquinho Viana (PSB), afirmou que votaria em quase todo mundo para presidente “menos em Nelson Leal (PP)". “Nelson não tem apoio de nada. Quem conquistar votos, tem que ter apoio do governador. Vou apoiar a posição do governador, que é o coordenador desse processo”, afirmou.

"O PP já se reuniu e se definiu pelo deputado Nelson Leal. Ele é o maior da bancada. Ele tem uma história política. Todos os colegas da sua bancada decidiram, não fui eu que escolhi", confirmou Leão, a preferência do partido.

 

Fonte - AcheiSudoeste

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.