Portal Livramento

Portal Livramento

RIO DE CONTAS: JUSTIÇA DETERMINA QUE PREFEITO ANULE NOMEAÇÕES DE SERVIDORES TEMPORÁRIOS E COMISSIONADOS QUE OCUPEM CARGOS OFERTADOS NO CONCURSO PÚBLICO DE 2014

Quinta 14 Set 2017 - 08h53




RIO DE CONTAS: JUSTIÇA DETERMINA QUE PREFEITO ANULE NOMEAÇÕES DE SERVIDORES TEMPORÁRIOS E COMISSIONADOS QUE OCUPEM CARGOS OFERTADOS NO CONCURSO PÚBLICO DE 2014

Através de Ação Civil Pública nº 8000052-86.2017.8.05.0214 ajuizada pelo Ministério Público Estadual em face do Município de Rio de Contas - Bahia, representado pelo Prefeito Cristiano Cardoso de Azevedo, o Juiz da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Livramento de Nossa Senhora, Dr. Antônio Carlos do Espitiro Santo Filho, deferiu, dia 13/09/2017, pedido liminar determinando a anulação de todas as nomeações de servidores temporários e comissionados atualmente vigentes que estejam no exercício de cargos ofertados no concurso público regido  pelo Edital nº 01/2014 (incluindo os cargos comissionados de oficial administrativo e motorista). Além disso, o Município de Rio de Contas deve reintegrar todos os candidatos que foram anteriormente nomeados pela gestão passada, observando a ordem classificatória, sob pena de multa diária de R$ 5.000,00 (cinco mil) reais.

Comentários
03 Out 2017
Andre
CADÊ A FISCALIZAÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE LIVRAMENTO?????????????? #PROVIDÊNCIASAUTORIDADESEPOPULÇÃOLIVRAMENTENSE! Parece mentira, mas não é! Prefeito de Livramento IGNORA CRISE e resolve patrocinar festança com MEGA TRIO. Município vive SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA e recursos da ASSISTÊNCIA SOCIAL podem ir para Bandas: acesse; http://oecojornal.com.br/parece-mentira-mas-nao-e-prefeito…/
14 Set 2017
Maria S.Pereira
Esses Prefeitos desfazem do povo e da justiça. Ela tarda mas não falha. Tá na hora de processar também o prefeito de Livramento pelo descompromisso com a LEI e o CONCURSO. Ranço de coronel só é combatido na justiça. E nós não votaremos mais nesses Prefeitos que ainda praticam o Ranço de Coronéis e se mostram assim. #RespeiteaJustiçaPrefeito.