Portal Livramento

Portal Livramento

Professora Maria de Lourdes foi homenageada Cidadã Benemérita pela Câmara de Vereadores

Segunda 29 Jun 2015 - 13h15




Professora Maria de Lourdes foi homenageada Cidadã Benemérita pela Câmara de Vereadores

Foi uma sessão solene de homenagens que entrou para a história da Câmara Municipal e faz jus constar nos anais do egrégio legislativo que cria nesta nova gestão do presidente, vereador Paulo Roberto Lessa Pereira, o decreto legislativo que institui o Título de Cidadã(o) Benemérito(a), o primeiro, concedido a professora aposentada Maria de Lourdes da Silva, em sessão que aconteceu na sexta-feira, 26. A honraria foi entregue pelo vereador autor Paulo Lessa em solenidade que reuniu no plenário dona Didi Azevedo todos os edis, a homenageada e familiares, além de promover o reencontro de ex-membros da casa, os antigos vereadores Ulisses Cambui Lima (Lega), que foi também foi prefeito, João Batista Cambui, ex vice-prefeito e vereador, e Benedito Rufino, que também foi vereador. Ainda estiveram prestigiando o evento o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Livramento (CDL), Antônio Roberto de Souza (Beto da Consol), dirigentes das casas dos estudantes de Salvador e Vitória da Conquista, além do coordenador municipal de Cultura, Yonélio Sayd, e profissionais de imprensa.

A dona Maria de Lourdes da Silva nasceu e vive até hoje na Rua do Fogo, onde mora com a família desde 1920, saindo dali apenas para estudar na cidade de Caetité, onde formou-se professora de ensino do Primário na Escola Normal, única existente na região sudoeste para alunos do ensino ginasial, na época. Ao retornar foi dar aulas no distrito de Mucambo, onde também morou algum tempo já que a escola em que lecionava ficava a sessenta quilômetros da cidade de Livramento de Nossa Senhora. Algum tempo depois foi ensinar em uma escola na comunidade de Barrinha, na sede, a seguir na escola da Rua do Areião e por lá ficou até o dia que se aposentou. Aos 90 anos de idade, a professora Maria de Lourdes lembra com saudades dos tempos em que lecionava a muitas crianças que hoje são pessoas adultas formadas em várias atividades profissionais.

Um deles foi o seu ex-aluno João Batista Miranda Cambui que se emocionou ao relatar as lembranças de convivência e de relação com a homenageada, a qual foi seu aluno e muito foi importante em sua vida para a formação acadêmica de engenharia mecânica e mais outras duas que conquistou. Ele também parabenizou ao vereador autor do decreto, Paulo Lessa, pela concessão da honraria a professora, confessando que a partir desta iniciativa o edil livramentense passaria a ocupar também um lugar no coração dele próprio.

O ex-prefeito Ulisses Cambui Lima, o Lega, ressaltou o legado e a importância da homenageada como professora, formando gerações de homens e mulheres e uma vida inteira dedicada à função de educadora. Fez a plateia ficar atenta ao incluir em sua fala poemas e citações ao fazer uma exposição da experiência e longevidade da professora Maria de Lourdes.

O ex-vereador Benedito Rufino falou das dificuldades que a dona Maria de Lourdes teve para se formar professora em Caetité, com estudos custeados pelo seu pai (Rufino da Silva Filho) que era um lavrador e decidiu ajudá-la a buscar sua formação no Magistério. Lamentou que parte dos estudantes presentes na plateia tivesse saído no momento das homenagens já que iria conhecer o histórico de dificuldade de antes para estudar e morar em outras localidades longe do berço natal, tendo que bancar tudo, moradia, alimentação e demais despesas. Agradeceu em nome de sua família e em memória a seu pai a homenagem e título de benemérita à professora Maria de Lourdes pela Câmara de Vereadores, em especial ao presidente e autor, vereador Paulo Roberto Lessa Pereira.

O atual vice-prefeito Gerardo Júnior enalteceu as qualidades da homenageada, citando a importância dela ser professora e ter sido responsável pela formação de grandes homens e mulheres de Livramento. Também falaram e enalteceram todas as qualidades da professora Maria de Lourdes, os vereadores Márcio Alan, Jorge Lessa Caiau, Antônio Luís Rego (Tõe Luiz), Marilho Machado Matias, José Roberto Caires (Zé de Vital) e José Araújo.

Discurso do presidente - O vereador Paulo Lessa, autor do decreto 01/2015 disse que a escolha pela professora Maria de Lourdes Silva não foi por acaso. A homenageada tem um currículo exemplar de dedicação e amor e para com a arte de ensinar e zelo pelo aprendizado de seus alunos, sendo uma das primeiras professoras do município, ensinando por mais de cinco décadas sem interrupções. Teve uma vida difícil como estudante até se formar no Magistério no Colégio Normal de segundo grau, na cidade de Caetité, com despesas custeadas por um tio. Já formada lecionou em uma escola em Mucambo e depois na Barrinha. Foi a primeira professora da escola da Rua do Areião e ali permaneceu por longos anos até se aposentar “Este breve histórico revela a riqueza da experiência na vida profissional da professora Maria de Lourdes, que com certeza é merecedora das nossas mais sinceras homenagens”, disse Paulo Lessa.

A professora Maria de Lourdes, sentindo-se emocionada, não conseguiu fazer nenhum pronunciamento, mas disse que estava muito feliz pelo título recebido e agradeceu a todos os vereadores e a Livramento. Após a entrega da honraria foi servido no salão do antigo plenário um coquetel a homenageada, familiares, convidados e o público em geral.   

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.