Portal Livramento

Portal Livramento

Resultado da busca pelo arquivo de "11/2019"

CARIOCA 2019: JOÃO NETO CONQUISTA MAIS UM TÍTULO PELO FLUMINENSE DO RJ

Sexta 29 Nov 2019 - 10h58




CARIOCA 2019: JOÃO NETO CONQUISTA MAIS UM TÍTULO PELO FLUMINENSE DO RJ

O livramentense João Neto conquistou mais um título jogando pelo Fluminense do Rio de Janeiro. Nesta sexta-feira (29) em Xerém, foi campeão do torneio Guilherme Embry Sub-16 (Carioca 2019), ao derrotar o time do Vasco da Gama pelo placar de 1x0, gol marcado por João Neto, que além de excelente jogador, tem feito muitos gols nesta temporada. No jogo de ida da final, realizado na última terça-feira (26), o Fluminense venceu o Vasco pelo placar de 2x1, com um gol de João Neto. O atleta livramentense fecha a temporada com muitos títulos e gols marcados, alimentando o sonho de atuar, em breve, profissionalmente no Fluminense e nos grandes clubes da Europa.

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado de R$ 44 milhões

Sexta 29 Nov 2019 - 08h12




Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado de R$ 44 milhões

Com o valor do prêmio acumulado nos últimos seis concursos, a Mega-Sena deste sábado (30) sorteará o prêmio de R$ 44 milhões.

As seis dezenas serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo (SP). O sorteio é aberto ao público.

Segundo a Caixa, o valor do prêmio, caso aplicado na poupança, renderia por mês mais de R$ 138 mil.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio nas lojas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o país. A cartela simples, com sei dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

 

Fonte - EBC

 

Black Friday pode amenizar alta do dólar para quem vai viajar

Sexta 29 Nov 2019 - 08h05




Black Friday pode amenizar alta do dólar para quem vai viajar

Quem tem viagem marcada ao exterior e foi pego pela alta histórica da moeda americana, que chegou nesta quarta (27) a R$ 4,25, pode aproveitar as promoções da Black Friday para comprar dólar e outros serviços com desconto.

A corretora de câmbio Travelex Confidence, por exemplo, vai dar desconto nas compras de moeda em dinheiro e cartão de débito, além de 9% de desconto na compra de chip para uso de serviço de telefonia, 7% no seguro internacional e 5% em ingressos para passeios e apresentações culturais.

A CVC, agência de viagens, oferece dois dias extra de passeios na Disney para quem compra quatro e câmbio fixo a R$ 3,89 para compra de pacotes.

Rogério Rocha, diretor de marketing da Travelex Confidence, lembra que o consumidor deve estar atento aos descontos que podem não sair tão vantajosos.

"Algumas promoções anunciam um spread [diferença entre o câmbio comercial e o valor do câmbio turismo] mais baixo para quem compra o cartão pré-pago. Mas, muitas vezes, o imposto cobrado é maior e não compensa."

Ele refere-se ao Imposto sobre Transações Financeiras (IOF), que é de 6,38%. Para a compra em espécie, o tributo é de 1,1%. O valor do câmbio turismo, negociado nas corretoras, é maior que o comercial porque contém os custos logísticos, administrativos e de operação.

No começo da semana, declarações recentes do ministro Paulo Guedes de que o dólar alto será o novo normal da política econômica brasileira dão sinal de que o valor não deve cair nas próximas semanas. "Já entendemos que o dólar não vai ficar em R$ 3,50 tão cedo", diz Felipe Pellegrini, gerente de tesouraria do Travelex Bank.

A alta da moeda americana está deixando viajantes cautelosos, de acordo com Rocha. "Vemos que o turista está pesquisando mais, comprando menos dinheiro em espécie e reduzindo as compras no destino", diz.

Segundo Eduardo Fleury, líder de operações do Kayak, buscador de viagens, a insegurança do turista diante de um cenário instável é maior do que em período de alta estável. Para ele, é por não saber se o dólar chegou num teto que o viajante muda seus planos, não necessariamente porque o valor está alto.

"O que muda, nesse cenário, é o perfil da viagem: destinos mais próximos e tempo mais curto, com padrões diferentes de hospedagem e passeios", diz Fleury.

Para amenizar os impactos do preço da moeda nas viagens, a recomendação é de que o viajante não deixe para comprar todo o dinheiro de última hora. "Os compradores não devem tentar acertar a mínima do dólar", diz Pellegrini.

Segundo ele, a melhor estratégia é comprar aos poucos, em períodos de queda no câmbio, para atingir uma taxa média mais atrativa.

 

Fonte - Agência Brasil

Novo fator previdenciário reduz aposentadoria da regra de transição

Sexta 29 Nov 2019 - 08h01




Novo fator previdenciário reduz aposentadoria da regra de transição

O trabalhador que tem entre 40 e 80 anos de idade e se aposentar pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a partir de domingo (1º) precisará trabalhar cerca de dois meses a mais, em média, para receber o mesmo valor de benefício ao qual teria direito se tivesse completado o mesmo tempo de contribuição entre 1º de dezembro de 2018 e o próximo sábado (30).

A estimativa é da Conde Consultoria Atuarial com base no novo fator previdenciário, que pode ser calculado a partir da expectativa de sobrevida da população divulgada nesta quinta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Caso o novo beneficiário não estique o seu período de contribuição, o redutor médio do valor da aposentadoria será de 0,64% em relação aos benefícios concedidos na vigência da tabela antiga. Nenhuma aposentadoria será diminuída em mais de 0,99%, segundo a consultoria.

A redução no cálculo da renda valerá para as aposentadorias por tempo de contribuição a serem concedidas pela regra de transição com pedágio de 50%. Essa regra de transição vale somente para trabalhadores que no último dia 13, quando a reforma da Previdência foi publicada, já tinham acumulado períodos de contribuição entre 28 e 30 anos (mulheres) e 33 e 35 anos (homens).

Para se aposentar sem a exigência de idade mínima, esses segurados devem aumentar o seu tempo de contribuição em 50% sobre o período que restava para que eles conseguissem a antiga aposentadoria por tempo de contribuição, concedida a mulheres e homens que comprovassem, respectivamente, 30 e 35 anos de recolhimentos previdenciários.

Criado na década de 1990 no governo Fernando Henrique Cardoso, o fator previdenciário tinha a função de desestimular aposentadorias consideradas precoces, como a de trabalhadores que pediam o benefício por tempo de contribuição ainda na casa dos 50 anos de idade.

A reforma da Previdência aprovada no governo de Jair Bolsonaro criou novas regras de aposentadoria para benefícios previdenciários concedidos a partir de 13 de novembro deste ano. Para quem é empregado do setor privado, há regras de transição entre a velha e a nova legislação.

São cinco regras de transição, sendo quatro delas entre a antiga aposentadoria por tempo de contribuição e a nova aposentadoria com idades mínimas de 62 anos, para a mulher, e de 65 anos, para o homem. Antes, os segurados do INSS podiam se aposentar sem atingir uma idade específica caso completassem um período mínimo contribuição de 30 anos, para a mulher, e de 35 anos, para o homem.

A quinta regra de transição será aplicada à aposentadoria por idade da mulher, que subirá de 60 para 62 anos. Homens continuarão a se aposentar por idade a partir dos 65 anos. A carência de 15 anos de contribuição permanecerá valendo para ambos.

Servidores, professores e trabalhadores em atividades que apresentam risco à saúde ou são perigosas também terão regras de transições específicas.

Além de aumentar as exigências para acessar os benefícios, a reforma também muda a fórmula de cálculo das aposentadorias. A média salarial sobre a qual a renda do beneficiário é calculada passa a ser feita sobre todo o período de contribuição após julho de 1994. Antes da reforma, o INSS fazia a média sobre os 80% maiores salários de contribuição.

Ao deixar de descartar os menores recolhimentos, o governo rebaixa as aposentadorias de trabalhadores que contribuíram sobre valores acima de um salário mínimo ao longo de suas vidas.

A publicação da reforma também marcará o fim da regra 86/96, que antecipa a aposentadoria integral para o trabalhador que, ao somar sua idade e tempo de contribuição, consegue atingir 86 pontos, se mulher, ou 96, para o homem.

 

Fonte - Gauchazh

Capim Grosso: MP cobra combate a 'paredões' após diversas queixas de poluição sonora

Sexta 29 Nov 2019 - 07h43




Capim Grosso: MP cobra combate a 'paredões' após diversas queixas de poluição sonora

Uma recomendação da Promotoria de Justiça de Capim Grosso, no Piemonte da Diamantina, cobra que moradores do município evitem os chamados “paredões” de som automotivo.  A medida, publicada nesta quinta-feira (28), atende a reiteradas queixas de poluição sonora. Segundo a promotoria, os relatos são de que não só moradores como estabelecimentos comerciais e congregações religiosas abusam de instrumentos sonoros com excesso de volume.

Segundo a promotora Cintia Campos da Silva, que assina a recomendação, tanto a prefeitura como a Polícia Militar devem fazer cumprir medidas que impeçam os abusos. Para a prefeitura, ela pede a não concessão de alvarás de uso de aparelho sonoro a estabelecimentos comerciais que não atendam ao proposto. À Polícia Militar, a promotora cobra realização de blitze e, caso necessário, a retenção de veículos de infratores.

A recomendação é que os moradores evitem o uso de equipamentos sonoros entre as 8h e 22h em todos os dias da semana. Poluição sonora é considerada contravenção penal [art. 42 do Decreto-Lei n. 3.688/41) e prevê pena de prisão de até três meses, além de multa.

 

Fonte - Bahia Notícias

SALVADOR: CHÁ DE BONECAS DA ARTISTA PLÁSTICA MARLANE LEAL TEVE RENDA REVERTIDA AO HOSPITAL ARISTIDES MALTEZ

Quinta 28 Nov 2019 - 08h56




SALVADOR: CHÁ DE BONECAS DA ARTISTA PLÁSTICA MARLANE LEAL TEVE RENDA REVERTIDA AO HOSPITAL ARISTIDES MALTEZ

A loja Empório Magma de Salvador, realizou na última quarta-feira (27) um Chá de Bonecas, doadas e confeccionadas pela artista plástica Marlane Leal, conhecida carinhosamente como Danda Leal. Todo valor arrecadado pela venda de 100 bonecas ao custo de R$200,00, cada, foi revertida em bebefício do Hospital Aristides Maltez. O evento foi um sucesso, todas as bonecas foram vendidas, inclusive, diante da grande demanda, a artista Danda Leal prometeu doar mais 50 bonecas. Ao Portal Livramento, Danda disse estar muito grata e feliz por seu trabalho poder ajudar o Hospital Aristides Maltez. As pessoas podem contribuir em favor do HAM depositando qualquer quantia nas agências brancárias abaixo.




SALVADOR: CHÁ DE BONECAS DA ARTISTA PLÁSTICA MARLANE LEAL TEVE RENDA REVERTIDA AO HOSPITAL ARISTIDES MALTEZ

LIVRAMENTO: CARDIOLOGISTA DR. ENIO TANAJURA ATENDE AMANHÃ 29/11

Quinta 28 Nov 2019 - 07h46




LIVRAMENTO: CARDIOLOGISTA DR. ENIO TANAJURA ATENDE AMANHÃ 29/11

O Cardiologista Dr. Enio Tanajura atende nesta sexta-feira (29/11) no IME (pela manhã) e na Clínica Santa Rita (pela tarde) em Livramento de Nossa Senhora. Faça sua consulta, particular ou pelo Planserv (Clínica Santa Rita), com médico especialista pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, além de eletro e ecocardiograma. Agende pelo telefone: (77) 3444-2106 (Santa Rita) e (77) 99968-1625/(77) 3444-1625 (IME).

Nelson Leal é eleito destaque parlamentar de 2019; Sanches, Mansur e Targino compõe lista

Quinta 28 Nov 2019 - 07h42




Nelson Leal é eleito destaque parlamentar de 2019; Sanches, Mansur e Targino compõe lista

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) Nelson Leal (PP) foi eleito o destaque parlamentar de 2019. A votação foi realizada por jornalistas credenciados junto ao Comitê Edson Alves de Imprensa e escolheu 4 parlamentares que se destacaram por sua ação neste ano.

Leal foi escolhido com 15 votos ao lado dos deputados estaduais Alan Sanches (DEM) e Fabíola Mansur (PSB), com 14 votos cada. O líder da oposição Targino Machado (DEM) completa a lista de destaques com 11 votos.

Também foi eleita – por unanimidade – a diretoria do comitê para o próximo biênio, sob a presidência do jornalista Raul Fonseca.

Os jornalistas credenciados junto ao Comitê Edson Alves de Imprensa da Assembleia Legislativa elegeram em votação secreta os quatro deputados considerados como destaques por sua atuação parlamentar este, que receberão o Troféu Imprensa 2019.

Excepcionalmente esse ano a votação ocorreu em dois dias, pois as chuvas que conturbaram Salvador na última terça-feira impediram que muitos profissionais da imprensa especializada de chegar à sede do Legislativo, no Centro Administrativo. A dificuldade de locomoção levou a diretoria do comitê a autorizar pela primeira vez, a continuidade do processo de escolha dos melhores deputados de 2019 por todo o dia de ontem, até as 17h, quando foi feita a apuração – trabalho coordenado pelo presidente Osvaldo Lyra.

Votaram 30 profissionais credenciados e, ao contrário de anos anteriores, quando houve concentração de votos, esse ano 33 dos 63 deputados votaram.

Na próxima terça-feira, igualmente em votação secreta, os deputados estaduais escolhem os profissionais responsáveis pela melhor cobertura jornalística das atividades na Assembleia. Concorrerão ao prêmio Quintino de Carvalho os jornalistas da mídia imprensa.

Ao troféu Wilson Menezes o pessoal que atua em rádio e televisão e o troféu Armando Lobracci Neto será dado ao responsável pela melhor cobertura na mídia eletrônica, sites ou blogs noticiosos.

A diretoria eleita de forma unânime é integrada pelo jornalista Raul Monteiro, presidente, colunista da Tribuna da Bahia e do site Política Livre. O vice-presidente é o jornalista Osvaldo Lyra, editor e colunista da Tribuna da Bahia e a secretaria-geral ficou com o jornalista Levi Vasconcelos, colunista de A Tarde e do site Bahia.ba. As suplências ficaram respectivamente com os jornalistas Jairo Júnior, colunista do jornal Correio, e com o Tasso Franco, colunista do site Bahia Já.

 

Fonte - Bahia Notícias

Petrobras eleva preço da gasolina em cerca de 4% e mantém o do diesel

Quarta 27 Nov 2019 - 10h44




Petrobras eleva preço da gasolina em cerca de 4% e mantém o do diesel

A Petrobras anunciou reajuste de cerca de 4% no preço da gasolina nas refinarias. Com a alta, que acontece em meio à valorização do dólar frente ao real, o preço do combustível atingiu cerca de R$ 1,91. Já o preço do diesel se manteve.

O repasse de ajustes de valores nas refinarias aos consumidores finais nos postos depende de diversos fatores, como margens de revendedoras e distribuidoras, misturas de biocombustíveis e impostos.

O reajuste anterior feito pela empresa ocorreu em 19 de novembro, com uma elevação de 2,7% no preço da gasolina. O preço do diesel também subiu em 1,2%.

 

Fonte - Infomoney

Mega-Sena sorteia hoje prêmio acumulado de R$ 38 milhões

Quarta 27 Nov 2019 - 08h02




Mega-Sena sorteia hoje prêmio acumulado de R$ 38 milhões

A Mega-Sena sorteia hoje (27) prêmio acumulado de R$ 38 milhões. As seis dezenas do concurso 2.211 serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O sorteio é aberto ao público.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país. A cartela, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

 

Fonte - EBC

Brasileiro consome quase o dobro de sal recomendado pela OMS

Quarta 27 Nov 2019 - 07h52




Brasileiro consome quase o dobro de sal recomendado pela OMS

Os brasileiros consomem, em média, 9,34 gramas de sal por dia, o que representa quase o dobro do recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), de 5 gramas. Esta é uma das conclusões de levantamento feito com a análise de sangue e de urina com cerca de 9 mil brasileiros. A coleta foi feita entre 2013 e 2014 em 8.952 domicílios, durante a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) de 2013.

Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), essa foi a primeira vez que um inquérito com representatividade nacional coletou nos domicílios amostras biológicas para realização de exames complementares, viabilizando que se estabeleçam parâmetros nacionais para valores de referência laboratoriais.

O estudo, que é uma parceria entre o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Fiocruz, do Ministério da Saúde, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e o Hospital Sírio-Libanês, apontou também que os homens e os jovens são a maior parte dos que abusam do sal. Mas indica ainda que a utilização elevada é de forma generalizada na população brasileira, em todas as faixas etárias e níveis de escolaridade.

A avaliação indicou que apenas 2,39% da pessoas pesquisadas estão dentro da faixa recomendada pela OMS e têm consumo inferior a 5 gramas por dia. A maioria deste grupo é de mulheres e de pessoas mais velhas. O consumo elevado de sal, mais de 12 gramas por dia, foi mais frequente em homens, 15,7% deles abusando do consumo, do que em mulheres (10,8%). No grupo com escolaridade mais alta, 11,35% das pessoas tem o consumo elevado de sal, a menor proporção.

O trabalho dos pesquisadores alerta para a necessidade dos programas de redução de consumo chegarem a todas as subcategorias e não somente grupos específicos, como portadores de hipertensão ou de doenças renais. O excesso de sal na alimentação está associado à hipertensão e às doenças cardiovasculares, por isso, um fator preocupante apontado na PNS é que a percepção do brasileiro sobre o consumo elevado de sal é baixa. Apenas 14,2% dos adultos se referiram a seu consumo como alto.

Exames
Os exames laboratoriais com as amostras de sangue foram: hemoglobina glicada; colesterol total e frações; sorologia para dengue; hemograma série vermelha (eritograma) e série branca (leucograma); cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) para diagnóstico de hemoglobinopatias; creatinina. E, com as amostras casuais de urina, estimativas de excreção de potássio, sódio e creatinina.

A coordenadora da PNS 2013 e integrante do Laboratório de Informação e Saúde (LIS), do Instituto de Comunicação e Informação em Saúde (Icict), da Fiocruz, Célia Landmann Szwarcwald, lembrou que o trabalho é importante também diante das características do Brasil, um país marcado pela miscigenação, com uma grande diversidade de raças, etnias, povos, segmentos sociais e econômicos. “Esses valores de referência se tornam muito importante não só para o diagnóstico mas também para o tratamento”, disse.

Para a coordenadora-geral de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis do Ministério da Saúde, Luciana Sardinha, o levantamento passa a definir os estudos com base em dados específicos de brasileiros. “Na área de exames bioquímicos para sangue e urina a gente usa referências de outros países e amostras pequenas. Agora a gente tem amostras do Brasil, então, acho que é muito relevante. Tem pesquisas que pegam dados de populações específicas como, por exemplo, estudantes de medicina. Tem assim que a gente usa como referência. Outra com pessoas de um certo local e a gente expande para o Brasil. É a primeira vez que a gente tem dados de Brasil”, observou.

Luciana Sardinha disse que o estudo permite também direcionar as políticas públicas para as necessidades apontadas pelas análises. “É importante para induzir as ações, fortalecer o que está se pensando como ações e programas do Ministério da Saúde. A gente consegue pegar as informações e ver o que tem de medicamentos, de preparar a atenção primária. Subsidia a ação do serviço público de saúde”, disse à Agência Brasil.

A professora e pesquisadora da UFMG, Deborah Malta, deu exemplos de efetividade das análises. Segundo ela, a PNDS de 2006 achou prevalência de 29% de anemia entre mulheres, mas na PNS de 2014/2015, a prevalência total era de 9,9% e em idade fértil em torno de 11%. “Em uma década nós mudamos. Praticamente reduziu para 1/3 a prevalência de anemia, em função de programas importantes que foram adotados, por exemplo a fortificação da farinha e a suplementação de ferro para crianças e gestantes. Esse é um exemplo muito prático de melhora de políticas públicas de que a PNS aborda”, revelou.

Ampliação
O trabalho realizado com a PNS 2013 tem perspectiva de ser ampliado. O vice-diretor de Pesquisas do IBGE, Cimar Azeredo, disse que na Pesquisa Nacional de Demografia em Saúde (PNDS), que será colocada em campo em 2021 é provável que o IBGE junto com a Fiocruz, o Ministério da Saúde e consórcio de laboratórios que participaram do estudo, acrescentem a coleta de material biológico também nessa pesquisa. “Foi uma primeira experiência e o IBGE tem claro que na próxima investida, que deve acontecer por ocasião na PNDS, a gente vai ter que assumir essa operação, ainda que a coleta seja feita com a parceria de laboratórios, Ministério da Saúde, Fiocruz e UFMG. É importante que se leve a campo essa coleta de material biológico para que a gente possa ter marcadores mais precisos”, afirmou à Agência Brasil.

Segundo Cimar Azeredo, a inclusão de coletas de dados biológicos de sangue e urina na PNS era uma demanda antiga do IBGE. “Tentaram fazer isso com outras pesquisas menores, fora do IBGE, mas não é uma tarefa trivial. Não é coletar informação. É coletar material biológico das pessoas e elas têm que ter disponibilidade de participar do processo. A população participando acaba ganhando com isso, porque ao fazer exames passa a ter marcadores mais precisos”, destacou.

“O Brasil é um país rico em informação de saúde e agora com esse material se torna ainda mais rico”, pontuou.

 

Fonte - Agência Brasil

Governo reduz em 8 reais salário mínimo para 2020. Valor será de R$ 1.031

Quarta 27 Nov 2019 - 07h31




Governo reduz em 8 reais salário mínimo para 2020. Valor será de R$ 1.031

O salário mínimo para o próximo ano ficará em R$ 1.031, anunciou no fim da tarde de hoje (26) o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues. O valor representa redução de R$ 8 em relação ao projeto de lei do Orçamento Geral da União do próximo ano, que previa mínimo de R$ 1.039 para o próximo ano.

 

Fonte - Brasil247

TRE-BA é premiado na categoria Ouro do Prêmio CNJ de Qualidade

Terça 26 Nov 2019 - 08h59




TRE-BA é premiado na categoria Ouro do Prêmio CNJ de Qualidade

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) recebeu o Selo Ouro no Prêmio CNJ de Qualidade 2019. Realizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a premiação visa estimular os tribunais brasileiros na busca pela excelência na gestão e planejamento; na organização administrativa e judiciária; na sistematização e disseminação das informações; e na produtividade, sob a ótica da prestação jurisdicional.

O Prêmio CNJ de Qualidade é destinado aos tribunais que tiverem melhor desempenho no ranking geral, considerando todos os ramos de justiça, premiando nas categorias “Diamante”, “Ouro” e “Prata”.

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-5) ficaram de fora da lista de premiados.

 

Fonte - BN

Descontos do BB na Semana da Negociação e Orientação Financeira chegam a 92%

Terça 26 Nov 2019 - 08h40




Descontos do BB na Semana da Negociação e Orientação Financeira chegam a 92%

Durante a Semana da Negociação e Orientação Financeira, de 2 e 6 de dezembro, o Banco do Brasil vai dar descontos de até 92%, além de taxas de juros 14% menores.

Todas as agências do país e o atendimento digital vão ofertar o serviço de renegociação de dívidas. As condições especiais para liquidação de dívidas também incluem prazos maiores, de até 120 meses, com até 180 dias de carência.

As condições de renegociação de dívidas da primeira edição da Semana da Negociação e Orientação Financeira, foram divulgadas pelo Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e o Santander na semana passada.

O mutirão vai beneficiar clientes pessoa física que tenham operações de crédito vencidas com o Banco do Brasil, independentemente da faixa de renda, e com mais de 30 dias de inadimplência.

 

Fonte - Bahia Notícias