Portal Livramento

Portal Livramento

Resultado da busca pelo arquivo de "04/2016"

Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 34 milhões na quarta

Segunda 04 Abr 2016 - 12h00




Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 34 milhões na quarta

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.805 da Mega-Sena, sorteadas na noite deste sábado (2), no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo (SP). 

Veja os números sorteados: 17 - 22- 27 - 31 - 49 - 57

Segundo a Caixa Econômica Federal, o prêmio principal, agora acumulado há cinco concursos, pode chegar a R$ 34 milhões na quarta-feira (6).

A quina da Mega saiu para 53 apostas, que vão receber, cada uma, prêmio de R$ 52.834,14.

Foram 4.693 apostas ganhadoras da quadra, com prêmio de R$ 852,39.

A chance de acertar os seis números da Mega-Sena é de uma em 50 milhões. A aposta mais simples custa R$ 3,50.

 

Fonte - Uol 

Prêmio da Mega-Sena pode ser de R$ 28 milhões neste sábado

Sábado 02 Abr 2016 - 11h16




Prêmio da Mega-Sena pode ser de R$ 28 milhões neste sábado

A Caixa Econômica Federal pode pagar um prêmio de R$ 28 milhões a quem acertar as seis dezenas do concurso 1.805 da Mega-Sena. O sorteio será realizado às 20h (horário de Brasília) deste sábado (2), no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo (SP). O prêmio principal está acumulado há quatro concursos.

Caso apenas um apostador leve o prêmio sozinho, ele poderá adquirir 35 imóveis de R$ 800 mil cada, ou uma frota de 180 carros de luxo, nas contas da Caixa. Se resolver aplicar todo o prêmio em poupança, garantirá mais de R$ 200 mil em rendimentos mensais.

A aposta mínima na Mega-Sena é de R$ 3,50 e pode ser feita até uma hora antes do sorteio, nas mais de 13 mil casas lotéricas do país. A chance de acertar a Mega é de uma em 50 milhões.

No concurso 1.804, os números sorteados foram: 20 - 21 - 28 - 48 - 50 - 59.

 

Fonte - Uol 

Campeão Daniel Cormier se lesiona e fica fora de revanche com Jon Jones

Sábado 02 Abr 2016 - 08h39




Campeão Daniel Cormier se lesiona e fica fora de revanche com Jon Jones

Se já não sabíamos se e como Jon Jones lutaria o UFC 197, após ser preso mais uma vez nos Estados Unidos, outra notícia caiu como uma bomba no card. Daniel Cormier, atual campeão dos meio-pesados, deixou o card por conta de uma lesão e não fará mais a revanche pelo cinturão.

A informação foi dada pelo site “BJPenn.com'' e confirmada pelos site FOX Sports – transmissora do UFC nos Estados Unidos, MMAJunkie e MMA Fighting. O Ultimate ainda não se pronunciou.

Cormier havia sido visto mancando em um evento de wrestling há uma semana, mas havia dito que o problema na perna que enfrentava não o impediria de lutar. A lesão, de acordo com a FOX Sports, é na canela.

O UFC chegou a lançar um comunicado garantindo a presença de Jones no UFC 197 após seus problemas com a lei, mas agora tudo está em suspenso, no aguardo de uma nova decisão. Com três semanas para a luta, ainda é possível achar um novo rival, mas também faria sentido tirar Jones do card, após tudo o que ele passou na última semana.

Jones não luta desde janeiro de 2015, quando venceu justamente Cormier – que mais tarde conquistaria o cinturão vago dos meio-pesados batendo Anthony Johnson.

 

Fonte - Blogosfera Uol

A um mês do limite, mais de 75% dos baianos ainda não declararam o Imposto de Renda

Sábado 02 Abr 2016 - 08h38




A um mês do limite, mais de 75% dos baianos ainda não declararam o Imposto de Renda

Faltam menos de 30 dias para o prazo limite de entrega da declaração do Imposto de Renda. Mesmo assim, a Superintendência Regional da Receita Federal na Bahia (5ª Região Fiscal) ainda aguarda o envio de pouco mais de 75% das declarações. Segundo números divulgados pelo jornal A Tarde, 894 mil dos 1,18 milhão de contribuintes baianos ainda precisam realizar o processo. O índice nacional foi ainda pior. Em todo país, apenas 22,8% dos contribuintes haviam realizado a declaração até esta quinta-feira (31).

 

Fonte - Bahia Notícias 

Governo autoriza alta de até 12,5% no preço de remédios, acima da inflação

Sexta 01 Abr 2016 - 09h19




Governo autoriza alta de até 12,5% no preço de remédios, acima da inflação

O governo federal autorizou, por meio de uma publicação no Diário Oficial, um aumento de até 12,5% no preço de remédios, que passa a valer a partir desta sexta-feira (1º).

O aumento está acima da inflação, que foi de 10,36% nos 12 meses terminados em fevereiro.

As fabricantes de remédios poderão aplicar o reajuste aos preços de todos os tipos de medicamentos. 

Em anos anteriores, o aumento do preço variou conforme as categorias de concorrência para os medicamentos.

No Diário Oficial, o governo informou que o ajuste de preços de medicamentos é baseado em um modelo de teto de preços calculado com base na variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - IPCA, acumulado no período de março de 2015 até fevereiro de 2016.

 

Fonte - Uol 

Sem cobrança de taxa, conta de luz fica mais barata a partir desta sexta

Sexta 01 Abr 2016 - 08h54




Sem cobrança de taxa, conta de luz fica mais barata a partir desta sexta

O valor da conta de luz fica mais barata a partir desta sexta-feira (1º). A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) programou para o início do mês de abril a mudança da cor da bandeira tarifária de amarelo para verde. Com isso, a taxa adicional cobrada pelo custo da produção de energia elétrica fica extinta. Até março, era cobrado um valor extra de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) de energia consumidos. Desde a criação do sistema de bandeiras, em janeiro de 2015, esta é a primeira vez que ela passa para a cor verde. Segundo a Aneel, a cor da bandeira tarifária varia de acordo com o custo de geração da energia elétrica. A taxa está em seu valor mais alto quando ela é vermelha. A cor amarela provoca uma cobrança mais baixa, enquanto a bandeira verde extingue a cobrança adicional. Em 2015, os consumidores pagaram R$ 14,7 bilhões a mais nas contas de luz por conta da bandeira tarifária.

 

Fonte - Bahia Notícias